1/11/2013

Alexandre Brito

Poesia de Alexandre Brito



as idéias estão sob o chapéu
dentro
um céu sem anjos
uma profundeza e meia
aquele olhar íngreme sobre as coisas
mais a matéria com que se experimenta
uma arte, uma excelência
uma solidão 
com aba não muito larga
e uma velhice convenientemente abstrata
um chapéu assim
vai aonde deve ir
faz o que tem de ser feito
transborda a banheira de glândulas e
inventa o homem
esse esquivo animal sem asas 
não fosse
o velocípede
o boné, o alicate
os eclipses, arquipélagos
explosões solares
os equívocos significantes, as substâncias cicatrizantes
como a desóxirribonuclease
tudo seria diferente
e tudo nos seria indiferente 
o chapéu é a chave
vai no topo do homem
o homem uma possibilidade
vai no coco do mundo
ninguém sabe do que é feito
o que está exatamente embaixo do nariz
nunca é visto
é preciso mais de sete mares
para enxergar uma obviedade 
a vida é um chapéu azul na cabeça de alguém  

Alexandre Brito nasceu em Porto Alegre. É poeta, músico e letrista. Cursou filosofia em Florianópolis e estudou música em Belo Horizonte. De volta ao Rio Grande do Sul, atua na Capital organizando alguns eventos (Poetar - 2a Mostra de Poesia de Porto Alegre e a 1a Semana da Fotografia de Porto Alegre), coordenando a Coleção Petit-Poa para a SMC/PMPA, e participando da Roda de Poesia no Bric da Redenção. Nos anos 90 participa da Banda Os Três Poetas, e de 2002 pra cá, da Banda os poETs, que já está no seu segundo CD e prepara seu primeiro DVD. Nos anos 80, em São Paulo, é parceiro de Fred Maia na Edições Nomades. Em Porto Alegre, cria a AMEOP - ameopoema editora, com Ricardo Silvestrin, e, em 2011, participa da Castelinho Edições, com Sandra Santos. Nos últimos anos, paralelamente ao trabalho adulto, vem escrevendo para crianças. Seu primeiro livro, Circo Mágico, foi selecionado pelo PNBE-MEC e adotado pela Rede de Escolas Municipais de Belo Horizonte, e Museu Desmiolado, foi selecionado para o Catálogo Brasileiro da Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha e recebeu o prêmio Os 30 Melhores Livros Infantis do Ano - Revista Crescer-2012. Uakti, lançado na 57ª Feira do Livro de Porto Alegre, divide com Uiara, de Sandra Santos, a publicação da Coleção PoeMitos/Casa Verde Editora. Publicou: Visagens, Zeros, O fundo do ar e outros poemas, Circo Mágico (infantil), Met@língua, Museu Desmiolado (infantil), Uakti, A Poesia de Alexandre Brito.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

pode gostar de...

Sandra SantosGatosMuseu do botao Arte erotica Codigo Coletivo

Traduzir