1/12/2013

Sandra Santos

Poesia de Sandra Santos



o olhar que entra tem curto caminho:

a tramela da janela
a renda de jornal


o lençol de chita
a dividir as seis Marias


e um santo onofre
sem pernas
apoiado num copo de cachaça

(poema escrito na ilha dos marinheiros, em 2007)
Sandra Santos nasceu em São Luiz Gonzaga, Rio Grande do Sul. Colocou o pé nas letras já aos 15 anos, com a publicação  livro "Crônicas de Minha Cidade"(1º lugar Concurso Literário Centenário SLG - ed. A Notícia, 1979). Desde então, espalha crônicas, contos, poesia pela web.  Em antologias, sites, revistas literárias de língua inglesa, castelhana, portuguesa e italiana: confere nos meus links.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pode gostar de...

Sandra SantosGatosMuseu do botao Arte erotica Codigo Coletivo

Traduzir